Em formação

Aliviar a congestão nasal em crianças

Aliviar a congestão nasal em crianças

À medida que nossos filhos ficam mais velhos, é importante que nós vamos incutir alguns hábitos. Não apenas ao nível do comportamento, alimentação ou higiene; caso contrário, também é muito importante ensiná-los a fazer a higiene nasal adequada quando estiverem congestionados.

Nós, como adultos, estaremos ao seu lado para ajudá-los na tarefa, mas ensiná-los a fazê-lo da maneira certa evitará que resfriados e alergias se complicem; prejudicando a criança e também o adulto.

Abaixo, descrevemos alguns Técnicas de fisioterapia para alívio da congestão nasal em crianças.

1. Drenagem rinofaríngea retrógrada: Ajuda-nos a limpar a zona nasal mais posterior. Ficamos de pé, a cabeça ligeiramente inclinada para trás. Colocamos soro fisiológico em uma das narinas e respiramos rápida e profundamente, enquanto nós pressionamos a narina oposta. Repetimos no lado oposto. Em seguida, tossimos e cuspimos as secreções.

2. Técnica de Sondagem: É importante soprarmos da maneira correta para que as fossas nasais se esvaziem. Se pressionamos ambas as narinas forçando o sopro, mobilizamos pouco conteúdo nasal e aumentamos a pressão intracraniana. A maneira correta é pressionando uma narina, deixando o oposto livre; repetindo a técnica em ambos os lados. Desta forma, o esvaziamento é mais completo.

3. Drenagem do seio nasal: Deitados de lado, pressionamos a narina que fica levantada e fazemos exalações nasais rápidas; Quando percebemos o descongestionamento, limpamos com um papel e repetimos do outro lado.

4. Umidificação: É aconselhável antes de realizar qualquer tipo de técnica de descongestão, a realização de vapor ou inalações de vapor d'água, isoladamente ou acompanhadas de agentes balsâmicos (por exemplo, Mentol).

5. Padrão de tosse correto: É importante diferenciar entre tosse improdutiva, que é aquela que devemos tentar eliminar (antitússicos), e tosse produtiva, que é o que nos ajuda a expelir muco. Para conseguir uma tosse adequada, faremos uma inspiração profunda (a laringe fecha e os músculos abdominais se contraem), seguida de uma tosse que arrasta o muco da traqueia e brônquios.

6. Técnica de aumento do fluxo expiratório: É usado quando ao tossir notamos que mobilizar secreções. Sentamo-nos relaxados, respirando o ar pelo nariz e soltando-o lentamente pela boca, sem pressionar os lábios (como se fumegássemos no espelho); repetimos cerca de 40 vezes e tentamos tossir corretamente. Podemos repetir várias vezes, descansando entre as repetições; contanto que continuemos a notar as secreções.

Importante:

- Prenda a respiração pelo nariz e evite respirar pela boca. A respiração nasal é o primeiro mecanismo de defesa, umidifica e aquece o ar.

- Manter o hidratação.

- Espirre sem medo fazer barulho. É aconselhável manter a boca aberta, devidamente protegida por um lenço para evitar possíveis infecções.

- Procure respeitar os tempos de recuperação que o nosso corpo necessita; é muito resto importante.

- Caso as secreções persistam; vá para um Fisioterapeuta especialista em Fisioterapia Respiratória para que possa aliviar aquele incômodo congestão nasal em crianças.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Aliviar a congestão nasal em crianças, na categoria de higiene infantil no local.


Vídeo: Como aliviar a congestão nasal em bebês e crianças em segundos (Janeiro 2022).